O Senhor Brecht no Bar do Edinho, Belo Horizonte

Segunda-feira inaugurou-se em BH a parceria de Glauce Guima com o violão de Valdênio Martinho.  A dupla vai continuar seguindo por aí, em bares café ruas e onde quer que seja, acompanhe na página do facebook Sala para Rapsódias

 



Ao final do áudio recolhido na Rodoviária do Rio de Janeiro, 
o conto de Gonçalo M. Tavares publicado em "O Senhor Brecht".
Hoje o #SalaparaRapsodias vai até Conselheiro Lafaiete, MG, com mais uma parceria - o compositor Valdênio Martinho compôs uma trilha no violão para acompanhar as estórias. Quem for de Minas e quiser agendar em sua casa, escreva-nos!


Bexiga, São Paulo, SP



Sala para Rapsódias é um projeto de narração em salas de casas, escolas, empresas, espaços culturais, buscando preservar uma prática milenar, inspirada nos rapsodos gregos e em Sherazade de As mil e uma noites, de reunir pessoas num mesmo lugar para ouvir e compartilhar histórias da vida humana individual e social. Neste tempo de virtualidades, o projeto ressalta a singularidade e a importância da presença, em que a literatura e suas narrativas são a fogueira em torno da qual nos reunimos para o convívio e a troca de afetos.

“O Senhor Brecht” de Gonçalo M. Tavares reúne 50 microficções sobre o absurdo e a lógica e captam o modo fabular de B. Brecht de contar histórias, que apontam para a necessidade de colocar em cena grandes questões da humanidade por meio de narrativas poéticas que despertem o imaginário e a sensibilidade do ouvinte. Suas fábulas, ao mesmo tempo que divertem pela irreverência, perturbam pelo humor negro, na medida em que as personagens funcionam como signos de forças histórico-sociais nas quais estamos irremediavelmente implicados e emocionam pela força poética.

Para mais informações:
https://www.facebook.com/salapararapsodias/
http://glauceguima.blogspot.com.br/
Série que vou recolhendo nas andanças

O Senhor Brecht e o Movimento dos Sem-Terra

Na rodoviária do Rio cheguei mais cedo e o Senhor Brecht entrou logo em ação. Nessa tive o prazer de conhecer o seu Zé, coordenador do MST e me convidou a fazer uma sessão em sua casa na quarta às 20h, em Jaraguá/ Grande São Paulo. Não sei onde fica, mas estarei lá. #salapararapsodias #osenhorbrecht
 


 "MUDANÇAS
Tinha sido manicure num cabeleireiro. Depois das grandes mudanças no país e aproveitando a anterior experiência profissional era agora uma das funcionárias que amputação dedos aos criminosos." (#goncalomtavares)

Da sala pra rua, da rua pra sala

Bom dia, trabalhadores! O galo acaba de cantar.
Contrariando uma amiga que me disse que no Brasil de hoje a saída é arranjar emprego pra pagar as contas e teatrar por hobby, penso que agora é mais que a hora de não deixar isso acontecer,  senão não restará nada de nós, a não ser na Academia. 

Sigo para São Paulo nos trilhos do Senhor Brecht de Gonçalo M. Tavares, indo de casa em casa com o trabalho das Palavras. Poesia, conto, reflexão, diversão, afeto. Sessões sábado, domingo, segunda, terça e quinta, com novas parcerias brotando em vários estados, das quais falarei em seu tempo devido.

Quarta-feira de 8h às 18h leio de cabo a rabo em praça pública a epopeia do Gonçalo - Uma Viagem à Índia, composta por 1.102 estrofes e cerca de dez mil versos. No intervalo do almoço, boto pra rodar na caixa de som uma montagem que também levo ao Senhor Brecht, de áudios recolhidos na internet dos dias que acabaram de passar, mas não passam jamais. "Passado é tudo aquilo que não quer passar" - trechos da votação na Câmara da denúncia contra o Rato, leitura da voz do Google do texto da Reforma da Previdência, depoimentos, entrevistas, políticos, civis incendiados, eticeteras, e claro, uma musiquinha pra ajudar a digerir o rango porque a gente merece - a nossa, a do Chico, a Tua Cantiga. <3 font="">

Poetas escritores atores músicos que tiverem conteúdo fresco pra eu meter na caixa de som na praça na hora do almoço (nosso horário nobre), manda pro meu e-mail com o assunto POESIA

Demais cidadãos que reivindicam uma presidência legítima através do voto, gravem no celular o seu grito MEU VOTO 2017 DIRETAS JÁ e me manda por email com o assunto DIRETAS JÁ
Recapitulando:glauceguima@gmail.com

Muito obrigada,
#tamojunto 

(Próxima epopeia: Aquela Minha Viagem a Lisboa)


O circuito "Sala para Rapsódias - O Senhor Brecht" desta semana só é possível com o apoio das seguintes pessoas físicas Marisa Dea, Beatriz Rodder, Bella, Jacqueline Pereira, Ave Terrena. Aplaudo! (Os endereços não são divulgados quando se trata de casa particular).
Semana que vem é Minas Gerais.